Sobre o blog superfície do sensível

O corpo segue sendo uma das maiores zonas de contaminação. Por via do corpo escorrem palavras, suores, saliva, cultura, gestos, sangue…os dedos digitam os fluxos de imagens que habitam as costas de pálpebras inquietas. As (in)tensões são simples, compartilhar a pesquisa sobre a linguagem da performance nas artes visuais.
Textos inconclusivos, teorias divergentes, conceito escorregadio: performance. Tudo isso forma o corpo teórico de uma das linguagens artísticas mais provocantes e influentes surgidas no séc.xx, que dentro da história da arte ainda é recente, e portanto, fica difícil encontrar uma diversidade de materiais teóricos em português acerca deste tema.
Busco compartilhar a pesquisa, criar categorias poéticas próprias para elaborar outra qualidade de entendimento sobre o assunto, e se possível, contar com a colaboração de pessoas interessadas sobre o tema: dúvidas, vídeos de performance, textos e espaços de diálogo.

Um abraço,
maria eugênia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s