Proposições poéticas para performance

Indícios, rastros…sugestões ou dispositivos que venham a provocar absurdos capazes de  construir uma performance. Pequenas delicadezas, inserções no cotidiano: tudo é materialidade possível para compor espaços de performação.

Quais são as pequenas ações cotidianas que poderiam ser feitas como performance?  Você já experimentou “dar caronas de guarda-chuva” em um temporal para várias pessoas desconhecidas? Andar de costas sem conhecer o caminho? Se amordaçar e ir assistir ou dar uma aula? Quais seriam as suas proposições poéticas? Experimentar novas experiências oxigena nossos hábitos 🙂

Eleonora Fabião leva duas cadeiras para o Largo da Carioca no Rio de Janeiro. Senta-se em uma delas,  sinalizando nas mãos uma placa: “Converso sobre qualquer assunto”. Uma ação simples que abre oportunidades para o encontro de outras pessoas, o “qualquer um que é ninguém” na multidão. Uma forma delicada de questionar o medo e o individualismo nas cidades.

fabião

Performance Ações Cariocas, realizada em 2008.

Que tal lembrar-se de como era simples fazer algumas coisas quando criança? Sem medo de ser feliz, sem vergonha ou mecanismos de defesa… fácil-fácil  😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s