Ricardo Alvarenga- Hominidae

Para entrar em estado de árvore é preciso partir de
um torpor animal de lagarto às três horas da tarde,
no mês de agosto.
Em dois anos a inércia e o mato vão crescer em
nossa boca.
Sofreremos alguma decomposição lírica até o mato
sair na voz.

Manuel de Barros-Livro das Ignorãnças- poema n° IX

 

Na performance Hominidae, feita a partir de 2009, Ricardo Alvarenga faz a ocupação de árvores localizadas em centros urbanos. Ele sobe na árvore e por lá permanece cerca de 8h, promovendo estranhamento e curiosidade nos transeuntes. Quando alguém lhe pergunta alguma coisa o performer permanece em silêncio, criando uma zona micropolítica inaudita. Esse trabalho já foi realizado em diversas cidades do Brasil, como em Natal, Curitiba, São Paulo e Uberlândia. Outra experimentação que Alvarenga fez, relacionada a este trabalho foi a realização do mesmo em uma residência artística- Terra Una, na qual ocupou uma árvore na Serra da Mantiqueira, desta vez sem o con-tato e atrito com o público das grandes cidades.

foto: Maria Teresa Ponce Serra da Mantiqueira-MG

foto: Maria Teresa Ponce
Serra da Mantiqueira-MG

foto: Maria Teresa Ponce Serra da Mantiqueira-MG

foto: Maria Teresa Ponce
Serra da Mantiqueira-MG

Referência

Blog oficial do artista com seus trabalhos e textos:

http://ricardo-alvarenga.blogspot.com.br/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s